terça-feira, 18 de setembro de 2012

São Cosmado - o portão


Este é o portão ao fundo do nosso terreno. Do que me lembro o meu avô contar o portão nunca podia estar fechado porque servia de passagem às freiras, no âmbito de um acordo que teria sido feito em tempos. Actualmente já nem pode ser usado por nós, porque está inserido num terreno que está agora vedado, pertencente a uns primos afastados.
O que faço normalmente, ainda armado em criança, é trepar pelo portão até às rochas do nosso terreno, porque efectivamente atalha bastante o caminho.

1 comentário:

Manuela Rolão disse...

Gostei tanto de ver os teus desenhos! Apesar de referires que gostas do desenho "certinho" mas que gostavas de ser mais espontâneo, acho que deves manter este estilo com um colorido que te caracteriza e fazer alguns desafios de desenhos mais rápidos.Gostei muita da página que tem um desenho a cor e o portão a preto e branco. E de conhecer a tua aldeia através do teu olhar desenhado.Já me alonguei! Parabéns!