sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Papel novo


Há algum tempo que andava com vontade de experimentar um papel amarelado, impulsionado pelos desenhos do Delacroix nos seus sketchbooks de África. Apenas encontrei 2 tipos da marca Strathmore (que desconhecia): um bem amarelado que ainda não experimentei e outro com uma tonalidade creme com 300 g/cm2, onde fiz este desenho ainda no mesmo dia do post anterior.
Comecei a desenhar com a Lamy Safari mas devido à textura do papel a tinta não fluía convenientemente, pelo que optei por mudar para a Parallel Pen que deixa sair mais tinta.
Tal como o desenho anterior a pintura foi feita em casa, e ainda bem. Este papel mais encorpado obriga ao uso de muito mais água e pincéis maiores para a carregar.
Já tinha experimentado um papel de 300 g/cm2, mas não era tão absorvente como este.
De qualquer forma gostei, no entanto proporciona uma experiência bem mais divertida para a aguarela do que para o desenho a caneta.