sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Finalmente


Há já muito tempo que pensava parar neste local para o desenhar. Achava que tinha potencial para os já tradicionais desenhos na berma da estrada, mas por alguma razão nunca o tinha feito.
É engraçado que no meio de tanta procura pelo enquadramento perfeito, a escolha daquele momento acaba por ser sempre relativamente ocasional. É muito própria daquele momento. E de certeza que se tivesse parado noutro dia qualquer o desenho iria ser completamente diferente. Por isso há quem volte recorrentemente ao mesmo local, para o desenhar por diversas vezes, e obter resultados diferentes do mesmo cenário.
Era algo que também gostaria de fazer, mas confesso que não tenho motivação. Tenho sempre vontade de sensações novas e sinto que se voltar ao mesmo local para desenhar vou estar perante uma repetição, apesar da meteorologia poder estar completamente diferente e de poder usar uma outra caneta. É algo a trabalhar no futuro.

Sem comentários: