sábado, 28 de fevereiro de 2015

Em frente na linha - Évora


Há algum tempo que me apetecia fazer uma espécie de viagem de descoberta acompanhado pelo desenho. Sempre tive aquela atracção pelos comboios e pela ruína e lembrei-me de juntar os dois... a ideia tornou-se uma espécie de viagem ao longo da linha para tentar desenhar todas as estações e apeadeiros entre a partida e a chegada. Depois de avaliar várias hipóteses acabei por escolher o troço da chamada linha de Évora, entre Évora e Estremoz, que foi encerrada aos passageiros em 1990.
A estação de Évora ainda se encontra activa por isso optei por não a desenhar nesta viagem, reservando o caderno apenas para o que está sem serviço.
Por isso o primeiro desenho foi feito de costas para a estação, a olhar na direcção em que o comboio seguiria.


3 comentários:

D.Alagador disse...

Boa viagem Filipe. Grato pelas tuas partilhas. Pela tua arte. Abraço.

Miú disse...

Linda aguarela: E o céu a ameaçar chuva, perfeito.

rotas lusas disse...

O trabalho do Filipe Almeida é digno de registo, porque eterniza o presente, numa viagem na nossa terra, com uma visão diferente e complementar. É de continuar com coragem, porque fotografar é mais fácil.
Rotas&Desatinos felicita e espera poder contribuir partilhando no nosso espaço. Força!!