quinta-feira, 30 de abril de 2015

Messines - triangular


Estava mortinho por experimentar um caderno triangular e a Manuela deixou-me gatafunhar no dela. É uma experiência diferente e o resultado é muito engraçado.
Aproveitei uma pequena perspectiva  junto a um forno à moda antiga na parte velha de Messines, encostado à sombra de um muro para apanhar o melhor ângulo e escapar ao sol.



3 comentários:

Pedro disse...

Fiquei fora do desenho...

Henrique Vogado disse...

Bem apanhado na forma do caderno. A àrvore a usar o espaço do triângulo. É tudo uma questão de fazermos a moldura mental.
Vale a pena rever aqui o velho algarve que tb gosto de descobrir.

Manuela Rolão disse...

Olha o Pedro! Se calhar foi quando me explicava o nome das plantas silvestres!
Um gatafunho entre aspas, menino Filipe, se faz favor!
E tenho a sorte de estar no meu caderno! Mais uma vez, obrigada!