quarta-feira, 23 de abril de 2014

Itália - Asolo

Asolo é uma vila pacata, bonita e arranjadinha, daquelas onde apetece passar vários dias a desenhar. Não foi o caso, fiquei por lá só uma manhã.
Quando cheguei reparei que a vila tinha um castelo e, como habitualmente, lá fui à procura do ponto alto.
para lá chegar era preciso subir umas escadas que pareciam intermináveis em redor do monte, que a certa altura passavam para uma espécie de ciclovia em alcatrão e se transformavam novamente em escadas até ao topo.


Lá em cima o castelo é fraquinho... só tem umas ameias e um poço ao centro, mas a vista era enorme. 360º com as montanhas a norte e a planície a sul.
Desta vez consegui conter a ambição de querer desenhar vistas largas e acabei por me sentar no muro à porta do castelo para um desenho mais controlado.


Na descida pelas escadas já estava quase atrasado para a hora do encontro, mas não resisti a sentar-me rapidamente e desenhar mais um pouco, cativado pela perspectiva das escadas e do campanário em segundo plano.


4 comentários:

nelson paciencia disse...

Gosto mesmo do desenho do meio, principalmente os planos das árvores.

Manuela Rolão disse...

Fabulosos, lindos,... O enquadramento das árvores está perfeito!
Parabéns, Filipe!

Fernanda Lamelas disse...

Muito bonitos estes desenhos a retratar a essência de Asolo!

Suzana disse...

Estou a gostar imenso, parabéns, os enquadramentos e os pormenores realçados pela cor!